domingo, 16 de dezembro de 2018

Quem vai amarrar o guizo no pescoço do gato?

Uma CPI na assembleia não seria uma opção plausível, como alertou um leitor em seu comentário no Facebook, inclusive sobre a recuperação judicial da concessionária de energia elétrica instaurada em 2012, na 13ª vara da capital , quando a mesma declara atual superávit contábil. Afinal, trata-se de concessionária de serviço público. Já existe Ação Civil Pública, na Comarca de Altamira, com liminar deferida, que reporta-se ao tema em comento. Fica aqui alternativas para análise do leitor! Estamos de 👁 olho!